(from the Innocentia album)   

Lyrics by Maria Mendes  

                    

Tentei uma vez mais compreender o inverso do meu ser
O mesmo que abraçou o mistério do teu olhar
O meu inverso que aceitou incertezas, fez profunda a certeza deste amor
Vivido e sentido, cantado e dançado, despido e trajado de ilusão

Tentei uma vez mais esquecer o inverso do teu ser
Aquele que encantou o sorriso no meu olhar
Lutei uma vez mais pr’a esquecer o inverso do teu ser
O mesmo que abraçou o silêncio sem amar
O teu inverso que arrebatou certezas, fez profunda a incerteza deste amor
Sentido e vivido, sonhado e cravado, tatuado e orquestrado pela ilusão.

Há uma primavera em cada vida
Quero cantá-la e senti-la em cada dia
Deixar a tristeza entregue ao inverno da vida
E o meu amor ser como a flor que sabe quando é hora certa para florir

 English translation (soon…)

Maria Mendes

We welcome you to contact Maria Mendes for more information.